quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Recado

Desejo amordaçado
que de querer, de presença de agita
Queria acordar desejado,
Num simples gesto procurado!

Nada tenho e nada temo
nesta verdade tenue a que me cometo,
somente a saudade e o alento,
por palavras ditas e sem gesto!!!

Sei que vivo em agonia
numa lealdade em noite e dia.
Sei que gelo se derrete
Se a alma assim se decidira.

Mas a alma, a medo construida
e de desejo amordaçada
Será jamais impulcionada
ao gesto que a natureza lhe dita.

Assim fico pois só e triste
neste recanto junto ao mar
Alento a verdade que me assiste
NO MEDO QUE TENS POR ME AMAR!

1 comentário:

Siala ap Maeve disse...

O Amor consegue tudo...acredita.
Beijos meus